Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2008

MERCADO IMOBILIÁRIO DEMONSTRA PREOCUPAÇÃO ECOLÓGICA

O meio ambiente é uma proposta moderna e atualizada para os corretores imobiliários que pretendem vender um produto diferenciado aos moradores das grandes cidades. Em São Paulo, cresce o número de imóveis criados com alguns cuidados ecológicos. As construtoras estão lançando no mercado produtos que visam a melhoria da qualidade de vida, principalmente nos grandes centros urbanos. Os projetos têm esgotos dos banheiros dentro dos próprios condomínios onde a água será tratada e reutilizada nas descargas; a água da chuva também é coletada para regar hortas e jardins; cuidados esses que podem economizar em até 30% as despesas do condomínio. Preocupações assim, até agora mais comuns em empreendimentos de alto padrão, já acompanham construções que abrangem vários níveis sociais. Começam a ser vendidas unidades no centro de São Paulo que possuem: churrasqueira sem carvão, torneiras com temporizador e até energia solar para a iluminação das áreas comuns, o respeito à natureza parece que está

QUAIS AS VANTAGENS DE SER MUTUÁRIO DO SISTEMA FINANCEIRO DE HABITAÇÃO ?

São muitas as vantagens de ser mutuário do Sistema Financeiro de Habitação. Dentre elas, destaca-se a farta oferta de financiamento para imóveis na planta ou em construção, novos ou usados, oferecidos pelos bancos que operam com crédito imobiliário, além da inovação das instituições financeiras que procuram facilitar a vida do mutuário. Como existem muitas ofertas no mercado imobiliário, as taxas de juros caem de forma gradual e o prazo para financiamento se diferencia de uma instituição para outra. Umas com prazo máximo de 20 anos, outras com prazo máximo de 25 anos e a Caixa Econômica Federal, bem como outras instituições financeiras, com prazo de 30 anos para pagamento do financiamento imobiliário. Além dessas vantagens, são oferecidos produtos diversificados no mercado imobiliário , com juros de 7% ao ano e até mesmo financiamento com parcelas fixas por 20 anos, que asseguram aos mutuários a certeza de um total adimplemento, haja vista que neste caso não incide qualquer correção

SEGURANÇA DO CONTRATO DE EXCLUSIVIDADE

As imobiliárias e corretores devem tomar cuidado ao anunciarem a venda do imóvel, deve exigir do vendedor a exclusividade para vender o bem, a fim de evitar que outras imobiliárias ou corretores negociem o mesmo imóvel. O contrato de exclusividade é recomendado, pois o trabalho sem exclusividade submete o corretor ou a imobiliária a uma disputa de oportunidade, em alguns casos pode causar algum transtorno ao vendedor. O anúncio de vendas de imóveis sem contrato de exclusividade, fere o artigo 1º da Resolução nº. 458/95 do COFECI - Conselho Federal de Corretores de Imóveis, que estabelece: “Somente poderá anunciar publicamente o Corretor de Imóveis, pessoa física ou jurídica, que tiver, com exclusividade, contrato escrito de intermediação imobiliária”. Ademais, o contrato de exclusividade dá uma segurança maior aos clientes que estão interessados em vender o imóvel e ao corretor ou imobiliária, pois não são alvos de rivalidade. E mais: o imóvel será negociado pelo preço real do bem

COMO O CORRETOR DEVE SE APRESENTAR EM PÚBLICO.

O corretor lida diariamente com o público, assim, ao se apresentar teve tomar alguns cuidados. A sua postura perante o público é muito importante, pois conta pontos na conclusão do negócio. Para muitos expressar diante público e até mesmo frente a um cliente é uma tarefa árdua, mas o corretor de imóveis deve saber administrar e superar essa barreira. O corretor deve estar sempre atento aos acontecimentos cotidianos, mantendo-se informado sobre as matérias dos noticiários, enfim, deve sempre estar atualizado. Procure aproveitar todas as oportunidades que tiver para falar em público, isso é um diferencial e o corretor deixa a sua marca. Mas antes de falar, procure conhecer o perfil das pessoas e evite abordar um assunto que não domina. Nos encontros e reuniões, procure ser claro, objetivo e sucinto, pois discursos longos cansam e acaba não despertando o interesse das pessoas. O corretor também poderá utilizar outros meios para transmitir a sua mensagem, como informativo, folder, en