Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

ALTERADA REGRAS DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO PARA FUNCIONÁRIOS PÚBLICO FEDERAL

24/09/2008 Ontem foi publicado o Decreto nº 6.574/2008, que altera as regras de crédito consignado para os Funcionários Público Federal. Dentre as principais alterações, são os financiamentos imobiliários com desconto em folha de pagamento. O prazo máximo de financiamento era de 60 meses, no entanto, com a aprovação do Decreto nº 6.574/2008, o prazo para pagamento pode ser estendido, tendo em vista que o prazo de 60 meses é considerado pequeno para a aquisição de um imóvel a prazo. Os funcionários que realizaram financiamento nos termos do Decreto anterior poderão renegociar o prazo de pagamento junto à instituição financeira.

FINANCIAMENTO OU CONSÓRCIO IMOBILIÁRIO?

29 de Agosto de 2008 Existem algumas diferenças fundamentais entre o financiamento imobiliário, aquele que você consegue uma carta de crédito no banco e compra um imóvel à vista (você vai ficar devendo para o banco, mas compra do imóvel é à vista) e o consórcio imobiliário, que nada mais é do que um grupo de pessoas que se juntam para auto-financiar a compra dos imóveis. Por um lado, o custo final direto da aquisição de um imóvel através de financiamento é mais alto do que através do consórcio (basicamente, no financiamento são cobrados juros, enquanto que no consórcio é cobrada uma taxa de administração). Porém, por outro lado, no financiamento normalmente o interessado ocupa imediatamente o imóvel, enquanto que no caso do consórcio, o cliente pode ter que esperar vários anos. Qual a melhor opção? Financiamento ou consórcio? Depende do perfil de cada comprador. Se você precisa de um imóvel imediatamente, o financiamento pode ser a melhor opção. Você vai pagar mais caro (presta

CAIXA BATE RECORDE E ATINGE R$ 20 BILHÕES EM FINANCIAMENTO HABITACIONAL

Até o fim do ano, banco emprestar R$ 22,8 bilhões e chegar a marca dos 500 mil financiamentos. 04/12/08 - A crise no mercado financeiro mundial ainda não teve reflexos no financiamento habitacional da Caixa Econômica Federal , que bateu recorde ao emprestar, em 446 mil contratos, R$ 20,4 bilhões neste ano até novembro, 60% acima do mesmo período de 2007. Até o final do ano, a Caixa estima emprestar R$ 22,8 bilhões e chegar a marca dos 500 mil financiamentos. Para 2009, o orçamento ainda não está fechado, mas o vice-presidente do banco, Jorge Hereda, prevê aumento de até 20% no valor a ser emprestado, mantendo as condições de financiamento (prazos e taxas de juros). Em 2008, foram assinados 1.924 contratos por dia, em média, o que corresponde a cerca de R$ 88 milhões. Se considerado o desempenho apenas do segundo semestre de 2008, a média sobe para 2.466 contratos por dia, somando R$ 107 milhões. Em 2007, de janeiro a novembro a média diária de financiamento foi de R$ 56 milhões.

CONTRATO É IMPORTANTE ITEM DE SEGURANÇA

Na hora da mudança é importante ter em mãos o contrato de prestação de serviços assinado pela empresa escolhida Outro item de segurança importante é ter em mãos o contrato da prestação de serviço assinado pelos representantes legais da empresa escolhida para realizar a mudança. Dicas interessantes também podem ser obtidas nos manuais cedidos pelas empresas a seus contratantes. As empresas costumam solicitar que animais de estimação, documentos pessoais, dinheiro, jóias e armas sejam transportados pelos clientes. E para garantir a segurança e um futuro ressarcimento de danos, as companhias especializadas em mudanças cobram, à parte, um seguro equivalente a uma pequena porcentagem do valor total dos bens transportados, cujo preenchimento da relação de itens e valores é de responsabilidade do contratante. A parceria com empresas de mudança em diversas partes do mundo facilita também às empresas nacionais que realizem sem problemas mudanças internacionais de navio, mais acessíveis

CONSÓRCIO DE IMÓVEIS BATE RECORDE HISTÓRICO EM JUNHO

Apesar da desaceleração da indústria e do comércio de transformação, os consórcios têm apresentado números crescentes no primeiro semestre do ano. Para Rodolfo Montosa, presidente nacional da Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), “o comportamento do brasileiro tem evoluído rapidamente na análise dos diversos mecanismos de aquisição parcelada de um bem. É por isso que o sistema tem sido procurado mais e mais, dia após dia”. De acordo com os resultados registrados pelo Sistema de Consórcios no primeiro semestre deste ano, em junho último o consórcio de imóveis bateu recorde histórico de participantes ativos, com 491,6 mil consorciados. O número é 12,8% maior do que o registrado no mesmo mês de 2007, 436 mil. Este é o 102º mês consecutivo de crescimento no setor. Segundo Montosa, o consórcio tem se mostrado como uma opção simples e econômica para a realização de sonhos. "Quando se pensa em investir, como em uma poupança ou como formador de patrimônio, vi