REGIÃO DA PUC CONCENTRA O MAIOR CRESCIMENTO


IBGE divulgou dados comparativos dos Censos de 2000 e 2010
THIAGO ROVÊDO – CAMPINAS
Região do bairro Santa Genebra apresentou maior crescimento
A região da PUC (Pontifícia Universidade Católica)-Campinas, que engloba bairros como Santa Genebra e Parque das Universidades, foi a que mais cresceu em Campinas entre 2000 e 2010, segundo o Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas). Em 2000, essa região era habitada por 10.339 pessoas, número que saltou para 20.332 - variação de 96,6% - no último Censo.
Segundo especialistas, esse crescimento se deve ao fato da universidade instalada no local, que, ano após ano, traz cada vez mais estudantes de outras cidades. Além disso, os bairros ficam próximos à Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que além dos estudantes, traz ainda pesquisadores e outros trabalhadores para a região.
“É uma região conhecida como um polo de excelência em pesquisa cientifica e tecnológica. Associado a este cenário, ainda é um caminho rápido para o Aeroporto de Viracopos, então, é natural que aumente a população daquela região”, afirmou Claudete de Castro Silva Vitte, do Departamento de Geografia do Instituto de Geociências.
A especialista alerta ainda que o shopping Parque Dom Pedro está localizado na mesma região, e isso deve ser levado em consideração na hora de definir porque uma determinada área da cidade cresceu mais do que a outra.
“Em Campinas houve um deslocamento de parte do comércio do centro tradicional para bairros do chamado centro expandido. Há também uma valorização imobiliária, que aumenta a especulação e afugenta uma parcela de antigos moradores de renda mais baixa”, disse.
TÍMIDO
Por outro lado, a área que menos cresceu na cidade nestes dez anos está localizada na região oeste, administrada pela Regional 11, que engloba bairros como San Martin, entre outros.
No Censo de 2000, a área tinha uma população de 69.214 e o número subiu para 70.218 em 2010, variação de apenas 1,4%.
Os dados foram publicados ontem, via Internet, na página da Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano). Segundo o secretário Alair Godoy, a intenção é fazer atualizações sempre que possível para manter a população de Campinas informada.
“Nossa proposta é manter a página da secretaria sempre atualizada e divulgar o maior número possível de informações para garantir a devida transparência das ações da nossa pasta e ainda facilitar o acesso do cidadão aos dados públicos”, afirmou.