COMO PENSAM E AGEM OS VENDEDORES DE SUCESSO


Você já percebeu que muitas pessoas que atuam em vendas parecem que não servem para vender? É claro que um bom treinamento, aliado à prática e experiência, pode transformar uma pessoa em um bom vendedor, desde que essa pessoa queira adquirir habilidades e conhecimentos, pois a atitude deve partir dela mesma.



Quem busca o sucesso em vendas precisa saber que uma das maneiras de se conseguir isso é aprendendo a modelar as crenças, a forma de falar e agir dos vendedores de sucesso. César Frazão, um dos maiores palestrantes e escritores do Brasil na área de vendas diz que “em vendas não existe mágica, é tudo uma relação de causa e efeito”.

Nosso foco mental e nossas crenças determinam a nossa atitude interna, ou seja, o nosso estado interior é que vai direcionar nossas ações/atitudes. Pensamento gera sentimento e este gera comportamento, então, aprenda a pensar e agir como os grandes vendedores. É fácil perceber a diferença entre um vendedor de sucesso e um medíocre. Analise abaixo as diferenças:

Vendedor de Sucesso joga para vencer, enquanto o Vendedor Mediocre joga para não perder. 

Vendedor de Sucesso, logo pela manhã, antes de sair de casa, já sai preparado mentalmente, sai motivado para encarar os desafios da área de vendas. O Vendedor Mediocre sai de casa de manhã pensando nas dificuldades, no dia árduo que vai ter, além de sair atrasado para o trabalho.

Vendedor de Sucesso não se intimida se for pago pelo resultado do trabalho que faz, ele até se orgulha se for assim, enquanto o Vendedor Mediocre quer ser pago pelo tempo que passa no trabalho, independente de sua produtividade, ele é do tipo “quero o meu no final do mês”.

Vendedor de Sucesso procura alternativas inteligentes para ganhar o cliente, em épocas difíceis, ele prefere criar, inovar e agir ao invés de ficar reclamando, enquanto o Vendedor Mediocre reclama e espera que a empresa apresente alternativas, pois ele se conforma com a situação atual.

Vendedor de Sucesso arrisca-se e gosta de novos desafios, enquanto o Vendedor Mediocre não quer que mexam na sua zona de conforto. Para ele, viver na “normose” é normal.

Vendedor de Sucesso gosta de aprender e se atualizar com frequência, pois sabe que andar na frente da concorrência é fundamental, e, além do mais, ele quer progredir na carreira, enquanto que o Vendedor Mediocre acredita que já sabe o suficiente, acha besteira participar de cursos, palestras ou até mesmo fazer uma faculdade. 

Vendedor de Sucesso entende de administração de finanças pessoais, pois sabe usar suas comissões para gerar “abastança” em sua vida, mas o Vendedor Mediocre não sabe usar seus ganhos e gasta mais do que recebe.

Vendedor de Sucesso pensa que ele pode fazer melhor a cada dia, ele se motiva a fazer as coisas acontecerem, o seu quociente de adversidade é alto, porém o MEDÍOCRE acredita que tudo é escasso, ele quer apenas garantir o dele e acredita plenamente na sorte, o quociente de adversidade dele é baixo, não se supera. Seus resultados tendem a ser os mesmos por longos períodos.

Em qual dos dois estilos você se encaixa? Olhe para os vendedores de sucesso e confira a forma de pensar e agir deles, e se quiser se destacar ainda mais, procure fazer melhor do que aqueles que produzem sucesso.

Dessa forma você vai entender a verdadeira relação de causa e efeito para obter sucesso em vendas.Você já percebeu que muitas pessoas que atuam em vendas parecem que não servem para vender? É claro que um bom treinamento, aliado à prática e experiência, pode transformar uma pessoa em um bom vendedor, desde que essa pessoa queira adquirir habilidades e conhecimentos, pois a atitude deve partir dela mesma. Quem busca o sucesso em vendas precisa saber que uma das maneiras de se conseguir isso é aprendendo a modelar as crenças, a forma de falar e agir dos vendedores de sucesso. César Frazão, um dos maiores palestrantes e escritores do Brasil na área de vendas diz que “em vendas não existe mágica, é tudo uma relação de causa e efeito”.