SUPERAÇÃO: EMPRESÁRIO MILIONÁRIO PRECISOU TRABALHAR NA INFÂNCIA E FOI INCENTIVADO PELA MÃE A ESTUDAR

Aparecido Viana é proprietário de uma imobiliária, que, em 2013, faturou milhões. Na infância, Viana precisou trabalhar aos quatro anos e foi incentivado pela mãe a fazer o curso de datilografia.
 
Superação-empresário-milionário-precisou-trabalhar-na-infância-e-foi-incentivado-pela-mãe-a-estudar
Em entrevista ao IG, o empresário contou que vem de uma família humilde, de seis irmãos. Para garantir o sustento, ele e os familiares trabalhavam na roça.

“Fazia as coisas que dava para criança fazer na lida, como limpar o pé de café ou levar o caldeirão para os pais e irmãos na lida na hora do almoço”, lembrou o empresário.

A mãe de Viana ‘enxergava’ na datilografia a oportunidade de conquistar um trabalho mais lucrativo.
O problema para realizar o curso estava na distância que o garoto deveria percorrer. O local onde ele morava, São José do Rio Preto, não existia o curso e nem mesmo uma máquina de escrever. Todos os dias, Viana ia a Mirassol (SP) para fazer o curso, às vezes ele ia de trem, outras, de carona.
Viana, aos 14 anos, foi para São Caetano do Sul (SP) e trabalhou em uma metalúrgica, posteriormente, ele começou a trabalhar no cartório de notas da cidade. Nesse local, ele conheceu pessoas ligadas ao ramo imobiliário. Quando completou 18 anos, foi contratado pela IAS imobiliária.
Viana trabalhou na imobiliária por dois anos, saiu e voltou, após sete anos. Ao retornar, ele iniciou seus trabalhos como corretor e obteve sucesso.
Nos anos 80, ele passou de corretor a empresário e fundou a Aparecido Viana Imóveis, que, no ano passado, faturou aproximadamente R$ 600 milhões.
“Acho que me sobressaí porque eu gostava muito de estudar”, diz Viana. Ele lembra de como a mãe o incentivou, “minha mãe era pobre, não tinha ensino, mas era visionária”.
Com informações do IG