PLACAS CONTINUAM EM ALTA NO MERCADO IMOBILIÁRIO

Nos últimos anos, a publicidade digital ganhou força e muitos profissionais dedicam a maior parte do tempo aprimorando técnicas de como utilizar tais ferramentas. No entanto, não podemos distorcer os fatos, campanhas online são importantes, porém, isso não exclui técnicas antigas de marketing, como por exemplo, as boas e velhas placas de ‘vende-se’.
Tudo bem que a maior parte das negociações imobiliárias inicia-se na internet, mas ainda muitas pessoas buscam imóveis circulando pela cidade e anotando os contatos informados nas placas. Depois disso, com uma ligação acontece o primeiro contato com o corretor. Portanto, em uma placa de imóvel, quando localizada na frente do próprio local, basta colocar que ele está venda e um número de telefone.
Também é interessante colocar a marca da imobiliária no anúncio. A ideia é demarcar a atuação da empresa, fortalecendo o nome na cidade ou no bairro de atuação. Em alguns casos, os corretores personalizam a placa, colocando até uma foto do profissional responsável. O objetivo é transmitir a imagem de um profissional especialista no local, aquele que possui um conhecimento aprofundado na região.

Mais do que uma imagem positiva, corretores e imobiliárias precisam desempenhar um bom papel para evitar “queimar o filme”. É melhor não ser conhecido do que ter uma imagem negativa. Lembre-se de que ninguém compra um imóvel pelo que lê, mas sim pelo que vê. Então, o imóvel em si é a melhor propaganda. Cliente quando gosta, pega o telefone, liga e começa o negócio. E para isso, a placa precisa estar ali, de prontidão, à espera de novos clientes.
William Cruz – Colunista do  PortaisImobiliários.com.br uma rede de portais de imóveis, como o portal de imóveis em Brasília| guiaimoveisbrasilia.com, presente em mais de 250 cidades do Brasil.