CRÉDITO IMOBILIÁRIO DA CAIXA CRESCE 75% NO SEMESTRE

De janeiro a junho, banco concedeu R$ 17,5 bilhões em 351 mil empréstimos para financiar a casa própria.

08/07/09 - As operações de crédito imobiliário da Caixa Econômica Federal cresceram 75% no 1º semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a junho, o banco concedeu R$ 17,5 bilhões em 351 mil empréstimos para financiar a casa própria. Desse volume, R$ 9,2 bilhões vieram dos recursos da poupança (alta de 267%), R$ 7,7 bilhões, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o restante, de outras fontes.

Para o vice-presidente da instituição, Jorge Hereda, o aumento da massa salarial, o acréscimo de subsídios à baixa renda e os juros mais baixos foram os responsáveis pelo volume recorde, que reflete a inclusão de famílias que antes não tinham acesso ao financiamento imobiliário.

O programa “Minha Casa, Minha Vida” respondeu por valor próximo a R$ 1,5 bilhão das contratações, sendo metade para financiamento à produção e metade para pessoas físicas. Até 1º de julho, 580 empreendimentos nos moldes do programa estavam em análise pela CEF, dos quais 175 tinham a documentação completa. O total de unidades desses empreendimentos em avaliação era de 100 mil imóveis. A expectativa é que a contratação do total de 1 milhão de unidades previsto no programa seja fechada até o final de 2010.

O resultado positivo do 1º semestre foi impulsionado, ainda, pelos feirões da casa própria, que costumam impactar as contratações da CEF por seis meses, período no qual a carta de crédito obtida é utilizada.